04
dez

ESD estimula ensino de programação com a Hora do Código

Muita gente fica de cabelo em pé quando ouve falar em códigos e programação. Mas esse universo tecnológico não é nenhum bicho de sete cabeças. Para mostrar que programar pode estar ao alcance de todos, a Escola São Domingos trouxe uma grande novidade para os seus alunos!

É a Hora do Código, um movimento global em que estudantes de escolas de todo o planeta, durante uma hora, realizam uma atividade de codificação e introdução à programação.

A iniciativa, que está ligada ao programa ESD Expandir, é apoiada por mais de 400 parceiros e 200 mil educadores de todo o mundo, e normalmente ocorre durante a Computer Science Education Week, celebrando a ciência da computação. As atividades serão realizadas até o dia 18 de dezembro com as turmas dos Ensinos Fundamental I e II e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio. Todos receberão um certificado de participação.

Segundo o gerente de operações da ESD, Henrique Romano Carneiro, a Hora do Código é um jeito simples e divertido de apresentar aos estudantes a ciência da computação.

“A programação não é útil apenas para quem deseja ser um programador no futuro. Esse conhecimento ajuda a desenvolver habilidades e é uma ótima oportunidade para trabalhar a lógica, a criatividade e a resolução de problemas. Além disso, a tecnologia está transformando todas as profissões no mundo. Hoje, os alunos devem aprender a criar tecnologia, não apenas a usá-la. Ao começar cedo, eles terão elementos para alcançar o sucesso em qualquer profissão do século XXI”, afirmou Henrique.

A gestora e idealizadora do projeto Hora do Código na ESD, Maria Pimentel, explicou que, por meio de um link, os estudantes acessam um tutorial com vários níveis. Em cada nível, eles têm um objetivo a ser alcançado e as habilidades são desenvolvidas passo a passo.

“Ninguém precisa ter experiência com os códigos para participar. As atividades são autoexplicativas, mas também apresento conceitos de programação às turmas”, disse Maria.

Ao final das atividades, a ideia é que os alunos consigam codificar o seu próprio jogo.

 

Confira algumas atividades já desenvolvidas na Hora do Código

Minecraft Adventurer

As turmas do 6º, 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e da 1ª e 2ª séries do Ensino Médio fizeram o tutorial Minecraft Adventurer. O Minecraft é um dos jogos mais populares dos últimos tempos. Ele permite que os jogadores utilizem cubos digitais 3D para criar um mundo virtual. Ao fazer isso, o jogador pode explorar, reunir recursos, criar, combater e muito mais.

Com o Minecraft Adventurer, o aluno aprende os fundamentos da ciência da computação, programando um personagem virtual por meio de uma peça simulada do mundo de Minecraft.

A imagem acima mostra uma das etapas do tutorial do Minecraft Adventurer. Nessa fase, os alunos aprenderam a utilizar a instrução condicional IF, que é muito comum na programação. Além disso, eles usaram o Loop, em que o código é otimizado a partir de uma estrutura de repetição chamada FOR. Os principais conceitos que eles aprenderam nesse tutorial foram: comandos, Repeat Loops (uma instrução para o programa repetir tarefas) e If Statements (o comando IF serve para alterar o fluxo de execução de um programa).

Alunos criaram seu próprio jogo

Nesta imagem, reproduzimos o jogo criado pela aluna Nina Negri Abranches, da 1ª série. Na última etapa da Hora do Código, os estudantes criaram um jogo, enviaram o link para a idealizadora do projeto, Maria Pimentel, e foi possível executar exatamente o que cada aluno codificou.

 


voltar