Notícias

13
ago

Alunos vivenciam experiência literária “monstruosa” da pré-história

 

Atividades incentivam a leitura e a criatividade, estimulando diferentes competências para uma formação completa.

por Thiago Basílio

Mordisco é um conhecido e reconhecido monstrinho. Amado pelas crianças, mas temido pelos mais memoráveis personagens da literatura, sua fama de “devorador de livros” leva pânico aos contos de fadas, mas muita diversão aos pequenos leitores.

Na obra Mordisco: O monstro de livro, da premiada autora britânica Emma Yarlett, o contraditório personagem devora as mais tradicionais e clássicas histórias, como Chapeuzinho Vermelho e Cachinhos Dourados. Em sua nova aventura, Mordisco: o guia dos dinossauros, o personagem invade a pré-história para tirar a paz dos gigantescos animais, comendo os mais importantes registros desse remoto tempo.

 

“Devorando” o aprendizado

E é exatamente por meio desse criativo e divertido pano de fundo que os alunos do 2° ano do Ensino Fundamental puderam desenvolver diferentes competências em sala de aula, despertando o prazer pela leitura por meio da disciplina de Língua Portuguesa.

“Como os estudantes já conheciam a primeira, levantaram hipóteses sobre o que o personagem faria nessa nova aventura, agora em tempos jurássicos. Além disso, leram a história vivenciando as peripécias do Mordisco”, explica a professora Adriana Cortes dos Santos, Supervisora Educacional do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental.

 

Leia também: No tempo dos dinossauros

 

A atividade contribuiu ainda para as crianças escreverem verbetes, a partir do universo explorado na história, praticando fundamentos importantes do gênero textual abordado no programa curricular da série. Os estudantes tiveram também a oportunidade de apresentar seus aprendizados com a história do livro aos colegas, explorando diversos ambientes da escola.

Mas o que mais chamou a atenção da maioria deles foi a curiosidade sobre os dinossauros. “Participar do projeto foi muito legal, pois soube que um tiranossauro rex tem cinco metros, mais ou menos”, conta Lucas Iglesias Carraretto, um dos alunos envolvidos com as atividades. Quem também ficou encantando com o mundo pré-histórico foi o Gabriel Muniz, que garante: “aprendi várias coisas sobre dinossauros e Mordiscos”.

Por meio dessa viagem no conhecimento, dentro do projeto Amor pela Leitura, diferentes competências são estimuladas, tais como: desenvolvimento da argumentação; habilidade de falar em público; produção textual; e apreciação da leitura de um bom livro.

Ao final da atividade, todos os estudantes foram reconhecidos por meio de um certificado de “amigo oficial” do Mordisco, incentivando os pequenos a serem verdadeiros e ávidos “devoradores de livros” no sentido mais positivo e transformador da expressão.

 

Estímulo à leitura

A Escola São Domingos mantém programas e atividades permanentes para o fomento da leitura e desenvolvimento de habilidades em interpretação textual, agregando conhecimento e repertório, além de estimular o aprimoramento da redação em todos os níveis da educação básica.

 

Confira a galeria de fotos:

 

VENHA NOS CONHECER