26
mar

Como posso ajudar meu filho a estudar de modo remoto?

Nos últimos dias, a rotina de várias pessoas foi alterada. Muitos foram obrigados a ficar dentro de casa para evitar a disseminação do COVID-19. Desde então, várias dúvidas surgiram para aqueles que possuem filhos em idade escolar. E agora? São férias escolares ou não? Como meu filho vai estudar? O que faço com ele dentro de casa nesse período?

Foi determinado pelo Governo do Estado que fosse estabelecido um regime emergencial de aulas não presenciais, por todo o Sistema Educacional Capixaba. Cada instituição de ensino deveria encontrar maneiras de fazer com que os alunos continuassem seus estudos de maneira remota, ou seja, dentro de suas casas. Superado o desafio atual, cada Instituição vai elaborar os ajustes necessários em seu calendário presencial para cumprir o ano letivo, podendo levar em conta as atividades não presenciais. A partir dessa determinação, a ESD mobilizou os seus colaboradores para auxiliarem professores, pais e alunos ao máximo para que esse período ocorra da melhor forma. Por isso, foram elaboradas atividades, vídeos e conteúdos pensados em cada etapa e ano de ensino, visando ao melhor para cada criança e sua faixa etária.

Nesse momento, é fundamental os pais ou responsáveis ajudarem as crianças a criarem e se adaptarem à nova rotina de estudo dentro de casa. Por isso, é necessário que a pessoa que estiver acompanhando a criança tenha segurança ao explicar para ela a situação que o país e o mundo estão vivenciando no momento e informá-la que, para passarmos por tudo isso, é essencial que ela siga a rotina que possuía na Escola, mas agora dentro de casa.

Nos primeiros dias da nova rotina, é fundamental o adulto acompanhar, participar e incentivar a criança a realizar as tarefas. A Escola pensou em maneiras de os pais participarem do momento de estudo com os filhos como forma de incentivá-los, tornando a nova rotina, além de prazerosa, um momento de união da família.

Vejam algumas ideias:

– Em atividades que exijam a leitura de um texto, proponha, inicialmente, que a criança leia-o para alguém. Também pode ser uma opção o adulto ler para a criança. Após a leitura, discuta o texto com a criança, e, por fim, peça para que ela faça uma leitura silenciosa e responda às questões.
– Que tal os pais tornarem-se professores por um dia? Ao receber a atividade, não entregue-a diretamente para a criança. Pegue a atividade, sente em um local adequado com a criança e diga a ela que hoje será você quem irá auxiliá-la nos estudos. Dica: comece pedindo para a criança escrever a data de hoje, o cabeçalho! Depois disso, dite as perguntas para ela poder copiar e depois peça para ela responder. Lembrem-se: cada criança tem o seu tempo, não exija rapidez no momento de cumprir as tarefas. Por fim, você pode corrigir e discutir sobre o conteúdo tralhado.
– Quando a atividade incluir um vídeo, por exemplo, você pode assistir juntamente à criança e fazer comentários como “que demais!”, “Muito interessante!”. Isso mostrará à criança que você também está gostando, sendo uma ótima forma de motivá-la.
– Peça para a criança ser o(a) professor(a). Para isso, peça, inicialmente, que ela leia e faça os exercícios propostos. Depois fale que ela terá que te ensinar sobre o que aprendeu. Quando chegar o momento de ouvir a criança, foque apenas nela. Esse momento de atenção é muito importante para ela verificar que você está ali com ela e para ela.

Trabalhar de maneira lúdica para criar uma nova rotina para crianças é uma excelente opção para que essa rotina seja aceita e realizada com tranquilidade.

 

Fique atento às novidades e dicas do Blog ESD!


voltar