01
jun

“Ficamos ainda mais unidos neste momento”

Devido à pandemia do coronavírus, todos tiveram de se reinventar. Não foi diferente com os nossos professores, que, com a suspensão das aulas presenciais, precisaram se adaptar às ferramentas virtuais e fazer delas uma aliada para manter os alunos estimulados e em constante desenvolvimento.

Para mostrar como tem sido a nova rotina dos nossos docentes, vamos divulgar aqui no blog os depoimentos de alguns deles. Nesta semana, conversamos com o professor de Biologia Almir Moreira Neto, que dá aulas para as turmas de 1ª e 3ª séries do Ensino Médio. Confira!

-Fale um pouco sobre a sua nova rotina de trabalho. Como está sendo a experiência de dar aulas online?

Tenho 23 anos de sala de aula e nunca imaginei que pudesse viver algo parecido com o que estamos vivendo. Minha rotina mudou completamente. As minhas aulas já estavam todas planejadas e, de repente, me vi em meio a uma grande turbulência e precisei reaprender a ensinar.

Neste momento, foi essencial o apoio do corpo técnico da ESD e dos meus colegas professores. Tudo foi feito de uma forma muito organizada e, hoje, já consigo manipular os programas e gravar as minhas aulas. Só estou fazendo isso graças ao auxílio que a Escola me deu, além do suporte da minha família.

O trabalho remoto ficou melhor quando começamos com as aulas online. É aquele momento em que coloco o jaleco, revejo o símbolo da ESD, consigo ver os alunos, eles interagem comigo pelo chat, enfim, resgatamos um pouco daquele calor humano que a gente tinha na sala de aula. A ESD é uma escola muito família, a gente se respeita, se gosta, temos muito prazer em estar juntos.

-Que tipos de atividades estão sendo oferecidas aos alunos nesse período?

Contamos com um plano pedagógico muito bem elaborado pela equipe técnica da ESD, por meio das nossas supervisoras Fafá e Mirelli. No meu caso, eu gravo as videoaulas, que são postadas às segundas-feiras pela manhã. Nessas videoaulas, passo atividades da nossa apostila e também outros exercícios propostos por mim. E, às quartas-feiras, entro ao vivo para debater com os alunos sobre a videoaula daquela semana.

-Como tem sido o feedback dos alunos? Eles têm gostado das aulas?

Tenho tido uma experiência maravilhosa com os alunos da 3ª série. Tinha um desafio muito grande em uma das aulas, pois falaria sobre citogenética, que é uma matéria um pouco mais densa da Biologia, e eles me deram várias ideias. Eles me indicaram vídeos, passaram links e eu montei a aula baseado no que me sugeriram. Para mim, de todas as aulas online que preparei, essa foi a que ficou melhor! Os alunos têm me ajudado muito, firmamos uma forte parceria, ficamos ainda mais unidos neste momento.

-Que mensagem quer deixar para os alunos e suas famílias?

O momento que estamos vivendo é difícil para todos. Cada um tem as suas necessidades e tem precisado aprender a lidar da melhor forma com as suas dificuldades. Mais uma vez, a ESD se deu as mãos e vejo que, depois de dois meses de pandemia, que é um período muito curto, se pensarmos no tamanho do desafio que enfrentamos, conseguimos ver o bom andamento das aulas e estamos mais próximos dos alunos para que eles tenham o melhor desenvolvimento possível.


voltar